Pesquisar

Nova Edição

Distribuição Gratuita
ISSN :2764-5304

Aeronave Airbus A319 perde roda do trem de pouso durante decolagem em SDU

LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Facebook

Um incidente ocorreu no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, quando um Airbus A319 da Latam precisou realizar um pouso de emergência após perder uma das rodas do trem de pouso principal que fica na parte traseira da aeronave. O voo, que partiu do Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino a Congonhas, em São Paulo, foi desviado para Guarulhos, onde a aeronave aterrissou em segurança.

Na tarde desta terça-feira (6), o voo da Latam enfrentou problemas ao perceber que durante a decolagem no Aeroporto de Santos Dumont havia algo errado com a aeronave. Não seria possível saber que uma de suas rodas se soltou e caiu próximo a cabeceira 02R, no entanto, com a apoio do controle de tráfego aéreo do Rio de Janeiro e posteriormente de São Paulo foi possível confirmar os fatos. Durante o trajeto entre o Rio de Janeiro e São Paulo o voo ocorreu tranquilamente, pois a aeronave estava com seus sistemas funcionado normalmente. Dadas as circunstâncias, o voo foi alternado para Aeroporto de Guarulho, onde existe maior extensão de pista e áreas de escape. Assim a aeronave declarou emergência e fez uma passagem baixa no eixo da pista para confirmar a falta da roda e posteriormente para pouso.

Foto: Luiz Carlos Jr

O voo LA3923 conseguiu efetuar um pouso tranquilo, pois as aeronaves são certificadas para pousar com a falta de uma das rodas de um conjunto e a equipe de bombeiros do Aeroporto de Guarulho fez o acompanhamento até a parada total da aeronave.

Este é o tipo de situação que muitas pessoas ficam assustadas, mas ainda que o piloto tenha declarado emergência, não significa que as pessoas abordo estavam em risco. Entenda que a falta de um componente essencial pode causar riscos ao pouso e para aumentar o nível de segurança caso a roda que estava no conjunto de trem de pouso incompleto falhasse, os bombeiros já estariam preparados para qualquer situação adversa.

Veja como tudo aconteceu.

Créditos ao Eduardo Gorio do Canal – Golf Oscar Romeu.

Apesar do incidente, o pouso de emergência foi conduzido com sucesso, garantindo a segurança dos passageiros e tripulantes a bordo do Airbus A319. A rápida resposta do controle de tráfego aéreo e o profissionalismo das equipes de solo demonstram a importância da preparação e da capacidade de resposta em situações adversas na aviação comercial.

Incidentes como esse destacam a importância dos procedimentos de segurança e o papel das equipes de manutenção nas aeronaves comerciais. Para manter uma frota ativa, a maior do Brasil, existem milhares de procedimentos de manutenção que envolvem centenas de profissionais para cada aeronave. Eventos como este não são incomuns e não colocam a empresa aérea e muito menos a aviação como um vilão da segurança operacional. Situações semelhantes a esta gera um alerta em toda comunidade aeronáutica, independente da empresa ou tipo de aeronave, pois não importa o erro, mas como podemos evitá-los.

Comentários

EM ALTA

Nesta semana, a Azul Conecta promoveu um evento de lançamento da Nova Pintura “Pantanal Azul” em alusão ao Centro-Oeste brasileiro. As novas cores do Cessna 208B Grand Caravan matriculado pelo código PT-MEO que foi apresentado no Hangar da Azul Conecta em Jundiaí.

Leia Mais
ASAS ROTATIVAS
plugins premium WordPress