Pesquisar

Nova Edição

Distribuição Gratuita
ISSN :2764-5304

ANAC prorroga consulta setorial para certificação de eVTOL

LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Facebook

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) estendeu até 15 de março o prazo para contribuições na consulta setorial sobre os critérios de aeronavegabilidade do EVE-100, aeronave de propulsão elétrica e decolagem vertical da EVE, empresa de mobilidade urbana da Embraer. Com peso máximo de decolagem de 2.800 kg e capacidade para piloto mais quatro passageiros, o EVE-100 combina características de helicópteros e aviões, destinando-se a operações de aviação executiva e taxi aéreo.

Divulgação: Embraer

A ANAC estendeu o período para apresentação de comentários sobre os critérios de aeronavegabilidade do EVE-100 para melhor compreensão da introdução deste tipo de aeronave no setor aéreo. O EVE-100, uma aeronave de propulsão elétrica e decolagem vertical, representa uma nova abordagem na aviação, combinando características de helicópteros e aviões, com capacidade para piloto e quatro passageiros.

Características do EVE-100:
O EVE-100 é uma aeronave de propulsão elétrica com decolagem e pouso vertical, destacando-se por seu peso máximo de decolagem de 2.800 kg e capacidade para transportar um piloto mais quatro passageiros. Equipado com um motor elétrico e uma hélice de empuxo horizontal de cinco lâminas, o EVE-100 é construído com materiais compostos, combinando características tanto de helicópteros quanto de aviões. Destina-se a operações de aviação executiva e taxi aéreo, sob os regulamentos brasileiros pertinentes.

Divulgação: Embraer

Certificação pelo RBAC nº 21:
Dado que a ANAC ainda não publicou regulamentos específicos para aeronaves eVTOL (Vertical Take-Off and Landing), o processo de certificação para o modelo EVE-100 seguirá as diretrizes estabelecidas pelo Regulamento Brasileiro de Aviação Civil nº 21 para aeronaves de classe especial. Este dispositivo prevê a aplicação de partes dos requisitos de aeronavegabilidade presentes nos regulamentos vigentes considerados apropriados para o modelo em questão.

A ANAC destaca que os critérios de aeronavegabilidade propostos na consulta são específicos para o modelo EVE-100 e não constituem regras gerais aplicáveis a todas as aeronaves ou entidades. A extensão do prazo para contribuições na consulta oferece uma oportunidade adicional para que pessoas físicas e jurídicas interessadas no tema possam participar do processo, incluindo potenciais solicitantes de Certificado de Tipo para aeronaves semelhantes e operadores em potencial, bem como os locais de decolagem e pouso pertinentes.

Comentários

YOUTUBE
INSTAGRAM
DESTAQUE
EM ALTA

Essa iniciativa representa um avanço na capilaridade das rotas latino americanas, fato que coloca a Azul Linhas Aéreas em posição de destaque no cenário turístico Sul Americano.

Leia Mais
ASAS ROTATIVAS
plugins premium WordPress