Pesquisar

Nova Edição

Distribuição Gratuita
ISSN :2764-5304

Gol obtém recuperação judicial nos EUA e garante seu pleno funcionamento

LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Facebook

O Tribunal de Falências de Nova York aceitou o pedido de recuperação judicial da Gol, impedindo credores de confiscar bens da companhia aérea que possui cerca de R$ 17,2 bilhões em ativos. O acolhimento do pedido de recuperação permite à empresa acessar um financiamento de US$ 950 milhões para atividades de negócio ligado a empresa e consequentemente manutenção das operações aéreas. Não haverá interrupção dos serviços.

Foto: Luiz Carlos Jr

Nesta semana, a Gol anunciou sua entrada no processo de reestruturação de dívidas nos Estados Unidos por meio do Chapter 11. A medida visa otimizar as obrigações financeiras de curto prazo, fortalecer a estrutura de capital e garantir sustentabilidade a longo prazo diante de dívidas estimadas em R$ 20 bilhões.

De acordo com a Gol, todos os voos estão mantidos, passagens válidas e reservas inalteradas, assegurando a continuidade operacional. O CEO, Celso Ferrer, enfatizou que o objetivo é sustentar o crescimento, sem reduzir a frota, enquanto endereçam passivos e organizam o fluxo futuro.

A reestruturação foi efetuada através do “Chapter 11”, ferramenta legal nos EUA que suspende a execução de dívidas, permitindo reestruturação financeira e operacional. A escolha da jurisdição norte-americana, segundo Ferrer, foi orientada pelos advogados da empresa.

A Gol também anunciou a obtenção de US$ 950 milhões em financiamento pelo modelo “devedor em posse”, viabilizado por investidores do Grupo Ad Hoc de Bondholders da Abra, além de outros Bondholders. A aprovação judicial concede à companhia acesso a esses recursos, proporcionando liquidez durante a reestruturação.

Foto: Luiz Carlos Jr

Posso Comprar passagens e ter a certeza que vou voar?
A Gol assegura que suas operações continuam normalmente. O compromisso com a reestruturação visa superar desafios financeiros, impactados por despesas elevadas, atrasos na entrega de aeronaves e os efeitos da pandemia de Covid-19. O programa Smiles não será descontinuado e todos as milhas acumuladas no programa poderão ser usadas normalmente para compra de serviços, produtos e emissões de passagens.

Editorial
O pedido de recuperação reflete a busca proativa da Gol por soluções diante de desafios financeiros, preservando a operacionalidade e a confiança dos clientes. A empresa demonstra uma estratégia sólida para enfrentar os impactos econômicos e operacionais, garantindo a continuidade de suas atividades e o apoio de investidores.

Estamos num momento favorável com sinais promissores de recuperação em números de viagens aéreas. A Gol possui uma malha aérea diversificada com rotas, nacionais e internacionais, assim como o programa Smiles que possui uma estrutura robusta e eficiente. O grande desafio começa agora para manter suas operações, projeção de crescimento e investimentos futuros. A possibilidade de obter recursos de investidores é uma ótima notícia na medida que a recuperação diminui a confiança do mercado para obter novos aportes.

Comentários

YOUTUBE
INSTAGRAM
DESTAQUE
EM ALTA

Essa iniciativa representa um avanço na capilaridade das rotas latino americanas, fato que coloca a Azul Linhas Aéreas em posição de destaque no cenário turístico Sul Americano.

Leia Mais
ASAS ROTATIVAS
plugins premium WordPress