Pesquisar

Nova Edição

Distribuição Gratuita
ISSN :2764-5304

HondaJet Echelon

Honda Aircraft Inicia Campanha para Certificar o Echelon como Derivado do HA-420

LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Facebook

Honda Aircraft, 20 de outubro de 2023

A Honda Aircraft inicia a jornada de certificação do seu mais novo projeto em desenvolvimento, o HondaJet Echelon, como uma variante de seu modelo existente, o HA-420 HondaJet, e que ambos os modelos compartilhem a mesma configuração de pilotagem, economizando em treinamento de pessoal.

Executivos revelaram esses e outros detalhes sobre o Echelon nos últimos dias em Las Vegas, onde ocorreu a feira de aviação de negócios NBAA esta ultima semana. Eles afirmam que o Echelon, com capacidade para 10 passageiros, ajudará a Honda Aircraft a estabelecer uma presença no segmento de jatos leves enquanto se aproxima do mercado de médio porte.

A empresa, que atualmente produz apenas jatos muito leves, como o HA-420, também afirma ter recebido cartas de intenção que cobrem mais de 350 possíveis pedidos do Echelon.

HondaJet Echelon

“Este não é apenas mais um jato leve. Este é um marco em nossa linha de produtos e um caminho crítico para o nosso crescimento futuro”, afirma o CEO da Honda Aircraft, Hideto Yamasaki.

A Honda Aircraft revelou o conceito do Echelon em novembro de 2021, na época chamado de “2600”, e em junho comprometeu-se com o programa, marcando sua entrada no segmento de jatos leves.

A estratégia de certificação da Honda Aircraft agora está em foco. Executivos dizem que esperam certificar o jato designado como HA-480 sob um certificado de tipo revisado, o que essencialmente o tornaria uma variante do HA-420.

Um certificado revisado já “foi apresentado às autoridades reguladoras”, diz Adam Gagnon, vice-presidente assistente de planejamento de produtos da Honda Aircraft.

A maioria dos fabricantes de aeronaves opta pelo caminho de certificado revisado ao certificar, por exemplo, derivados esticados de modelos básicos. Mas o Echelon não é um simples esticamento do HA-420. Será uma aeronave “do zero”, afirma a empresa, com motores diferentes (turbinas Williams International FJ44-4C) e uma nova fuselagem de fibra de carbono produzida pela Spirit AeroSystems. (A GKN Aerospace produz a fuselagem do HA-420.)

HondaJet Echelon
Interior HondaJet Echelon

Apesar das diferenças, o Echelon será semelhante ao HA-420 em aspectos importantes para os reguladores, tendo cockpits semelhantes, avionics Garmin G3000 compartilhados e procedimentos de pilotagem idênticos para situações de emergência e outros eventos não normais, afirma Amod Kelkar, diretor comercial da Honda Aircraft. “As características de manuseio são projetadas para serem as mesmas, a mesma sensação e o mesmo desempenho.

O Echelon também terá motores montados sobre as asas e as aeronaves terão aerodinâmica semelhante, asas de metal e fuselagens de fibra de carbono.

A Honda Aircraft planeja começar a montagem do primeiro veículo de teste de voo do Echelon em 2025 e voá-lo antes do final de 2026, iniciando dois anos de testes de voo seguidos de uma campanha de certificação de seis meses. A empresa tem como meta a certificação do Echelon pela Administração Federal de Aviação em 2028, mas afirma que esse marco poderia se estender até 2029, e produzirá o Echelon em Greensboro, onde fabrica o HA-420.

Mudança para o Mercado de Luxo

Os executivos da Honda Aircraft descrevem o Echelon como um modelo que abrange segmentos de mercado, tendo o tamanho e a capacidade de piloto único dos jatos leves e o alcance de 2.625 milhas náuticas (4.862 km) com cinco pessoas a bordo, assim como ocorre em alguns jatos de médio porte.

A expansão do segmento muito leve abre oportunidades significativamente maiores de vendas para a Honda Aircraft. Os compradores do HA-420 tendem a ser indivíduos, muitos dos quais são pilotos (chamados de proprietários-operadores). Mas os jatos leves e de médio porte atraem pedidos substanciais de empresas de fretamento e propriedade fracionada de aeronaves, um segmento que está “crescendo rapidamente”, diz Kelkar. “Agora estamos olhando não apenas para o mercado de jatos leves, mas até mesmo nos comparando aos jatos de médio porte em termos de alcance.”

Características

O Echelon medirá 17,4 metros de comprimento e 4,9 metros de altura em sua cauda, com uma envergadura de 17,1 metros. Sua cabine será 11,4 centímetros mais alta, 14 centímetros mais larga no nível dos ombros e 18 centímetros mais larga no nível do piso em comparação com a cabine do HA-420. As características de segurança do cockpit incluirão freios automáticos, alerta de ultrapassagem de pista, aceleração automática, aterrissagem automática de emergência e aumento de direção.

Comentários

YOUTUBE
INSTAGRAM
DESTAQUE
EM ALTA

Essa iniciativa representa um avanço na capilaridade das rotas latino americanas, fato que coloca a Azul Linhas Aéreas em posição de destaque no cenário turístico Sul Americano.

Leia Mais
ASAS ROTATIVAS
plugins premium WordPress