Pesquisar

Nova Edição

Distribuição Gratuita
ISSN :2764-5304

Lockheed Martin Apresenta o Primeiro F-35A Lightning II da Força Aérea Belga

LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Facebook

A Lockheed Martin [LMT] comemora lançamento do primeiro F-35A Lightning II da Bélgica ao governo belga durante uma cerimônia nas instalações de produção da Lockheed Martin. Este evento marca um marco significativo na história da Força Aérea Belga e fortalece a aliança entre os Estados Unidos e a Bélgica, uma aliada chave da OTAN.

“A introdução do F-35 na Força Aérea Belga nos permitirá cumprir todas as nossas missões nas próximas décadas, em cooperação com nossos aliados e parceiros na OTAN, na UE e além”, afirmou o Chefe de Defesa das Forças Armadas Belgas, Almirante Michel Hofman.

Construindo sobre o sólido legado do F-16, o F-35 fornecerá a próxima geração de poder aéreo para garantir que a Força Aérea Belga possa cumprir suas missões na OTAN e proteger os interesses-chave da aliança. Ao servir como a solução de segurança mais avançada do século XXI, o F-35 conectará ativos em diferentes domínios para aumentar a consciência situacional da Bélgica e de seus principais parceiros europeus.

“Parabenizamos a Bélgica por esta conquista significativa”, disse o Tenente-General Mike Schmidt, diretor executivo do Escritório Conjunto do Programa F-35. “O crescimento do F-35 na Europa fortalece parcerias internacionais, interoperabilidade e capacidade de combate; e destaca a importância que a aeronave oferece como um elemento dissuasivo contra potenciais adversários.”

“Com sua capacidade, conectividade e interoperabilidade incomparáveis, o F-35 de 5ª Geração permitirá à Força Aérea Belga se manter à frente das ameaças nas próximas décadas”, afirmou Greg Ulmer, vice-presidente executivo da Lockheed Martin Aeronautics. “O marco de hoje não teria sido possível sem a forte parceria e contribuições-chave de nossos parceiros próximos no governo e na indústria belga.”

Líderes governamentais e militares seniores da Bélgica e dos Estados Unidos participaram da cerimônia. O programa da Bélgica prevê a aquisição de 34 F-35As. A primeira aeronave, designada AY-01, será entregue à Força Aérea Belga no próximo ano e terá base na Base da Força Aérea de Luke, no Arizona, onde ocorre o treinamento internacional de pilotos e mantenedores de F-35.

Divulgação : US Air Force

O F-35 também cria oportunidades de emprego de alta qualidade e de longo prazo para a Bélgica. Através do programa de Interesse de Segurança Essencial (ESI), a Lockheed Martin trará técnicas de fabricação de ponta e benefícios, expandindo as habilidades e conhecimentos da indústria belga e proporcionando empregos de alta tecnologia para os belgas nas próximas décadas.


Os F-35s estão agora operando em 31 bases em todo o mundo. Até o momento, a Lockheed Martin entregou mais de 980 F-35s, treinou mais de 2.250 pilotos e 15.125 mantenedores, e a frota de F-35 ultrapassou 768.000 horas de voo acumuladas. A Lockheed Martin continua a trabalhar lado a lado com os operadores de F-35 para garantir que os aliados permaneçam à frente das ameaças em constante evolução.

Comentários

EM ALTA

Nesta semana, a Azul Conecta promoveu um evento de lançamento da Nova Pintura “Pantanal Azul” em alusão ao Centro-Oeste brasileiro. As novas cores do Cessna 208B Grand Caravan matriculado pelo código PT-MEO que foi apresentado no Hangar da Azul Conecta em Jundiaí.

Leia Mais
ASAS ROTATIVAS
plugins premium WordPress