Pesquisar

Nova Edição

Distribuição Gratuita
ISSN :2764-5304

Força Aérea Brasileira celebra o Dia da Aviação de Caça

LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Facebook

A Força Aérea Brasileira (FAB) celebra nesta segunda-feira, 22 de abril, o Dia da Aviação de Caça, relembrando os feitos históricos do 1º Grupo de Aviação de Caça durante sua atuação na Segunda Guerra Mundial.

O Dia da Aviação de Caça é uma oportunidade para homenagear a coragem e o sacrifício dos aviadores brasileiros que lutaram bravamente durante a Segunda Guerra Mundial. O 1º Grupo de Aviação de Caça, conhecido como Esquadrão Jambock, protagonizou momentos heroicos durante a campanha no Vale do Rio Pó, demonstrando sua determinação e habilidade em combate.

 P-47D Thunderbolt do Senta a Pua – Foto Jhonson Barros

Em 11 de novembro de 1944, o Primeiro Grupo de Aviação de Caça (1º GAVCA) partiu em sua primeira missão independente na Segunda Guerra Mundial, marcando o início de uma saga de coragem e heroísmo. Com suas aeronaves P-47D Thunderbolt, os pilotos brasileiros enfrentaram desafios e realizaram feitos extraordinários ao longo do conflito.

Sob o grito de guerra “Senta a Púa”, os pilotos do Esquadrão Jambock realizaram um esforço sobre-humano para cumprir as missões atribuídas, mesmo diante das dificuldades enfrentadas. Foram realizadas 11 missões com 44 saídas, resultando na destruição de numerosos veículos e edifícios inimigos. Apesar da bravura demonstrada, a missão não foi isenta de perdas, como o abatimento do 2º Tenente Aviador Marcos Eduardo Coelho de Magalhães.

Northrop F-5F – Foto FAB.

Apesar das dificuldades e perdas, a atuação dos aviadores brasileiros foi reconhecida com a recomendação para receber a Presidential Unit Citation (PUC), uma comenda do governo dos Estados Unidos por heroísmo extraordinário em ação contra o inimigo armado. O reconhecimento foi concedido ao Esquadrão Jambock 41 anos após os acontecimentos, destacando a importância de preservar a memória e o legado dos pilotos e mecânicos que lutaram pela liberdade.

Northrop F-5E e Saab F-39E Gripen – Foto FAB.

A história do 1º Grupo de Aviação de Caça é um testemunho do valor e da bravura dos militares brasileiros durante a Segunda Guerra Mundial. Suas realizações, incluindo a incrível jornada de fuga do Tenente Danilo Moura, são exemplos inspiradores de coragem e resiliência. A celebração do Dia da Aviação de Caça é uma oportunidade para refletir sobre o legado e a importância dos aviadores brasileiros na história militar do país. Suas ações heroicas durante a Segunda Guerra Mundial são um exemplo de bravura e determinação que devem ser lembrados e valorizados pela sociedade brasileira.

Fonte: FAB

Comentários

YOUTUBE
INSTAGRAM
DESTAQUE
EM ALTA

A Azul Linhas Aéreas anunciaram uma ação nacional para ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.

Leia Mais
ASAS ROTATIVAS
plugins premium WordPress