Pesquisar

Nova Edição

Distribuição Gratuita
ISSN :2764-5304

Força Aérea mantém as buscas por helicóptero desaparecido a caminho do Litoral Norte de SP

LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Facebook

A Força Aérea Brasileira (FAB) retoma, nesta terça-feira (2), as operações de busca pelo helicóptero que desapareceu no último domingo (31), a caminho do Litoral paulista. As investigações indicam possíveis áreas na Serra do Mar, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, enquanto os quatro ocupantes e a aeronave permanecem desaparecidos.

No segundo dia de intensa busca, a Força Aérea Brasileira concentra esforços na localização do helicóptero desaparecido durante o trajeto de São Paulo para Ilhabela. Com informações obtidas até o momento tem levado a Equipe SAR a efetuar buscas pela região da Serra do Mar, Vale do Paraíba e Litoral Norte, onde as condições meteorológicas até então são desafiadoras. A região é caracterizada pela densa vegetação da Mata Atlântica com condições de teto operacional adversos.

As primeiras informações sugerem que o helicóptero pode estar entre a Serra do Mar e Caraguatatuba, próxima a Ilhabela. A FAB lidera as buscas com o emprego da aeronave SC-105 Amazonas do Esquadrão Pelicano, especializado em missões de busca e salvamento. As operações iniciam ao amanhecer e encerram ao anoitecer, visando cobrir extensas áreas de difícil acesso. O Esquadrão Pelicano 2º/10º GAv, tem como sede a Base Aérea de Campo Grande (MS).

Divulgação FAB

Operação Conjunta

A Polícia Militar de São Paulo integra a missão de buscas com o helicóptero Airbus H125 do Comando de Aviação. Capaz de sobrevoar as regiões voar em baixas altitudes, o helicóptero Águia aumenta as chances de identificar pistas sobre o desaparecimento, principalmente se tratado de uma área conhecida pelos pilotos da Polícia Militar.

Foto: Luiz Carlos Jr

Dos Fatos.

O desaparecimento ocorreu no domingo, quando a aeronave, partindo de São Paulo, perdeu contato com as torres de comando. A PM informou que o helicóptero, modelo Robinson 44 saiu do aeroporto de Campo de Marte por volta das 13h15, com destino a Ilhabela. Os ocupantes foram identificados como Luciana Rodzewics (45 anos), sua filha Letícia Ayumi Rodzewics Sakumoto (20 anos) e Rafael Torres, amigo da família. O piloto é o Cassiano Tete Teodoro, de 44 anos.

O desaparecimento do helicóptero mantém familiares e autoridades em alerta, enquanto as buscas concentram-se nas áreas indicadas pelas investigações.

Sobre a Aeronave.

O Robinson R44 é um helicóptero leve de quatro lugares fabricado pela Robinson Helicopter Company. Ele é amplamente utilizado em diversas aplicações, como transporte pessoal, treinamento de pilotos, patrulha policial e operadores de turismo. O R44 é reconhecido por sua configuração de cabine ampla, controles de voo simples e desempenho robusto. Equipado com um motor a pistão, Lycoming, o R44 é conhecido por sua confiabilidade e facilidade de manutenção. Sua popularidade deve-se à versatilidade e custo operacional acessível, tornando-o uma escolha comum entre operadores e proprietários de helicópteros de entrada em todo o mundo.

Divulgação Robinson Helicopter Company

Comentários

EM ALTA

Nesta semana, a Azul Conecta promoveu um evento de lançamento da Nova Pintura “Pantanal Azul” em alusão ao Centro-Oeste brasileiro. As novas cores do Cessna 208B Grand Caravan matriculado pelo código PT-MEO que foi apresentado no Hangar da Azul Conecta em Jundiaí.

Leia Mais
ASAS ROTATIVAS
plugins premium WordPress