Pesquisar

Nova Edição

Distribuição Gratuita
ISSN :2764-5304

LATAM Airlines e Airbus se Unem para Descarbonizar a Aviação

LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Facebook

Por: Latam Airline

O grupo LATAM Airlines e a fabricante Airbus anunciaram um acordo para financiar em conjunto um estudo liderado pelo Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT) sobre medidas para reduzir as emissões de carbono na aviação da América Latina. Este estudo abordará análises de diferentes cenários para a implementação até 2050 dos Combustíveis Sustentáveis de Aviação (SAF), bem como explorará caminhos relacionados ao uso de hidrogênio de baixo teor de carbono, captura direta de carbono do ar e bioenergia com captura e armazenamento de carbono. Os resultados deste estudo serão divulgados em abril de 2024.

O estudo tem o nome de “Opções para a Descarbonização Sustentável da Aviação na América Latina: Uma Avaliação das Políticas de Carbono, Preços do Carbono e Consumo de Combustível até 2050” e também incluirá uma análise do uso de incentivos, impostos e outros instrumentos de compensação para as emissões de gases da aviação. As análises resultantes fornecerão recomendações práticas destinadas ao Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México e Peru.

Juan José Tohá, diretor de Assuntos Corporativos e Sustentabilidade do Grupo LATAM Airlines, afirmou: “Devido à complexidade do setor em relação às emissões de carbono, a neutralidade até 2050 não é algo que a indústria de aviação possa alcançar por si só. É necessário avançar na definição e implementação de políticas favoráveis e estruturas para a adoção de ferramentas como o SAF (combustível de aviação sustentável), compensação de carbono, novas tecnologias e eficiência operacional. É crucial garantir que essa transição seja sustentável para que as pessoas continuem a se beneficiar da conectividade que a aviação oferece. Esperamos que este estudo possa guiar e impulsionar esforços colaborativos para promover a descarbonização do setor na região.”

Guillaume Gressin, vice-presidente de Operações Internacionais, Estratégicas e Comerciais da Airbus América Latina e Caribe, acrescentou: “A Airbus está empenhada em reduzir suas próprias emissões de carbono e está contribuindo para a missão estabelecida pela ICAO e pela ATAG de alcançar emissões líquidas zero na aviação até 2050. Pretendemos desempenhar um papel estratégico na implementação desse plano e apoiamos iniciativas e políticas que promovam a eficiência e a inovação, incluindo metas ambiciosas para aumentar o uso de SAF.”

A equipe do Programa Conjunto do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) sobre Ciência e Política de Mudanças Globais é composta por cientistas naturais e sociais que estudam as complexas interações entre sistemas globais coevolutivos e interconectados. Eles desenvolvem projeções abrangentes de mudanças globais e regionais em diferentes cenários ambientais, econômicos e políticos. Essas projeções ajudam os tomadores de decisão nos setores público e privado a avaliar melhor os impactos, custos e benefícios associados a possíveis cursos de ação.

Comentários

YOUTUBE
INSTAGRAM
DESTAQUE
EM ALTA

Essa iniciativa representa um avanço na capilaridade das rotas latino americanas, fato que coloca a Azul Linhas Aéreas em posição de destaque no cenário turístico Sul Americano.

Leia Mais
ASAS ROTATIVAS
plugins premium WordPress